TRANSLATE/TRADUTOR

domingo, fevereiro 19, 2017

DONALD TRUMP DÁ A VOLTA POR CIMA E AGORA FALA DIRETAMENTE, AO VIVO, COM O POVO AMERICANO E DETONA A MÍDIA 'FAKE NEWS'

Público superlotou um gigantesco hangar do Aeroporto Internacional de Merlbourne, em Orlando, Flórida, para ver e ouvir Donald Trump. Com a profusão de "fake news", pela grande mídia, Trump decidiu falar diretamente com o povo americano. Logo abaixo dois vídeos mostram Donald Trump com dois de seus netos pequenos e outro com cena do mega evento que reuniu milhares de pessoas no Aeroporto Internacional em Orlando, Flórida. Para variar, a grande mídia continua escamoteando todas estas informações. Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
O Presidente Donald Trump encontrou uma forma muito original para furar o bloqueio da grande mídia e resolveu falar diretamente com o povo norte-americano. Esse bloqueio não significa que a mídia não fale de Trump. Todavia quando se reporta a ele o faz por meio daquilo que ele mesmo, Trump, apelidou de "fake news', ou seja, notícias falsas. 

Se a grande mídia, agora órfã do reinado de Obama e seus sequazes, não aceita o resultado da eleição presidencial bombardeando a White House diariamente com as indecentes "fake news'', Trump decidiu reeditar o esquema que o levou à Presidência, isto é, falar diretamente com o povo americano.
O início desse contato direto com os americanos começou neste sábado ao cair da tarde e início da noite num hangar do Aeroporto Internacional de Melbourne, em Orlando, na Flórida, que reuniu um gigantesco público.

Os estimados leitores aqui do blog poderão indagar por que dou tanto destaque para análises e comentários da respeito da política norte-americana. É que insisto em afirmar que a eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos é o maior acontecimento político deste século XXI e tem efeito benéfico sobre todo o Ocidente. É uma espécie de uma grande freada na desabalada carreira pela destruição da Civilização Ocidental. Lembram quando Hussein Obama paparicava Lula e fechava os olhos para a comunização da América Latina e Caribe? Isto é apenas um pontinho da nefasta política internacional levada a efeito pelo ex-ocupante da Casa Branca e seus sequazes do Partido Democrata. 

O que aconteceu recentemente no Brasil que culminou com o afastamento de Lula e sua quadrilha do poder foi longe demais justamente por ser parte desse plano diabólico do esquerdismo transnacional que era alimentado por Hussein Obama e seus asseclas do Partido Democrata e de boa parte dos próprios republicanos que já haviam consentido em serem eternos perdedores.

O plano era eternizar os comunistas no poder nos Estados Unidos. Aliás, a desindustrialização do gigante norte-americano foi uma das ações mais perversas de Obama e sua gente, aliada a abertura total das fronteiras para a invasão islâmica da América. Donald Trump, portanto, não estava nos planos do esquerdismo globalista. Mas o povo norte-americano, velho de guerra, sentiu o cheiro de carne queimada e viu em Donald Trump o único candidato que poderia por fim a esse desastre anunciado.

CONTATO DIRETO COM O POVO
O comportamento da grande mídia, agora mais conhecida como "Fake News", é este que todos podem ver, ler e ouvir. Portanto, Trump falar com o povo norte-americano diretamente como fez neste final de semana na Flórida, é algo desconcertante para a canalhada da grande mídia. Já se pode ver a choradeira dos meninos birrentos da grande mídia que continuarão a produzir Fake News. 

Insisto que o sucesso de Donald Trump nos Estados Unidos é uma bênção para o mundo Ocidental. Ao turbinar a economia americana Donald Trump estará turbinando a economia de todo o bloco ocidental. Ao reorganizar as correntes migratórias e afastar o terror islâmico Trump criará num novo ciclo virtuoso de desenvolvimento e segurança para os povos ocidentais.

Entender essas mudanças é fundamental. E para entendê-las as pessoas têm de possuir um back-ground de informações verdadeiras para não serem iludidas pelas Fake News propaladas pelos andróides dos grande veículos de mídia.

A verdade é que a grande mídia está derretendo. À medida em que a ficha vai caindo para leitores e telespectadores centenas de milhares de tradicionais veículos de comunicação desaparecerão. Aliás, a maioria deles está em situação falimentar ou pré-falimentar. A vitória de Donald Trump jogou a pá de cal sobre os zumbis das redações. Eles estão enlouquecidos, agonizando, estrebuchando. 

Daí a profusão de Fake News, ou seja, falsas notícias ou, ainda, notícias verdadeiras porém maquiadas ideologicamente pela canalhada a soldo da ONU, União Europeia e outros organismos multilaterais e ONGs chupins de dinheiro público que operam no mundo inteiro.

Salve a Civilização Ocidental! Compartilhando este post vocês, caros leitores, dão uma força fabulosa para garantir a nossa segurança, os nossos empregos e a tranquilidade de nossas famílias e o futuro dos nossos filhos. Tanto nos Estados Unidos como aqui no Brasil e no resto do mundo ocidental.

Um excelente domingo para todos nós!

Sponholz: O "bloco" da turma do PT.


sexta-feira, fevereiro 17, 2017

O DIA EM QUE TRUMP MANDOU UM RECADO PARA A VAGABUNDAGEM ESQUERDISTA LATINO-AMERICANA

Acima o Presidente Donald Trump recebendo a visita de Lilian Tintore, esposa do líder oposicionista venezuelano Leopoldo Lopez, que se encontra preso numa masmorra militar na Venezuela há quase três anos por ordem do tiranete assassino Nicolás Maduro. Na sequência duas fotos que mostram o suplício de Lopez, trancafiado e vigiado pelos militares que apoiam a narco-ditadura. A Venezuela, sob o regime comuno-chavista é uma das maiores plataformas de exportação de cocaína do mundo. 
Para o desespero da canalhada da grande mídia o Presidente Donald Trump recebeu na Casa Branca, a esposa do líder oposicionista Leopoldo Lopez, que há quase 3 anos está preso. Por que está preso? Ora, porque é um líder oposicionista que luta pela libertação do povo venezuelano das garras de uma ditadura comunista. Lilian Tintore que já chegou a se acorrentar num portão do Vaticano, vendo o Papa argentino torcer o nariz, desta feita foi recebida na majestosa sede do governo norte-americano pelo Presidente Donald Trump e seu vice-presidente Mike Pence e o senador republicano Marco Rubio, com direito a foto que foi destaque na imprensa do mundo inteiro.

Sim. Donald Trump está cumprindo a risca até agora tudo que prometeu em sua campanha, incluindo a luta pela libertação não só dos Estados Unidos do jugo da canalhada comunista, mas também os países latino-americanos que ainda se encontram sob o jugo de tiranetes criminosos como Nicolás Maduro, que há quase três anos mantém o líder oposicionista Leopoldo Lopez numa masmorra militar.

Trump também promete ir além das Américas em defesa da liberdade. Vale lembrar que nesta semana também recebeu a visita do premiê de Israel, Benjamin Netanyahu que fora abandonado pelo títere comunista Hussein Obama. Agora, Trump já avisou que não deixará o povo judeu à mercê da sanha dos tarados islâmicos, muito menos da ONU, aquele viveiro de chupins esquerdistas.

Igualmente, a União Europeia já sabe que com Trump o buraco é mais embaixo. Consolidado o Brexit o ato seguinte será a assinatura de um acordo bilateral de livre comércio entre o Reino Unido e os Estados Unidos, de certa forma recompondo aquela união ocorrida na Segunda Grande Guerra e que libertou a Europa das garras do nazismo e do fascismo.

Assinale-se que o nazi-fascismo e o comunismo são verso e anverso da mesma medalha. E, por incrível que pareça, a Europa não aprendeu a lição. E mais uma vez a Alemanha, que já fora de Hitler, agora é de Angela Merkel, aquela mulher que na juventude praticava o nudismo. Na atualidade é a mocréia que manipula a União Europeia. Merkel deve nutrir uma inveja de Adolf Hitler sem tamanho. No entanto inova: age como um titeriteiro manejando seus fantoches em 27 países da Europa. Eram 28 antes do Brexit. Em outras palavras, está tentando executar o frustrado plano de Hitler de dominar todo o continente europeu.

É por estas e outras que a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos, o Brexit na Inglaterra e a queda dos comuno-bolivarianos no Paraguai, Argentina e no Brasil (ainda que seja por enquanto à meia boca) são acontecimentos que se sincronizam para barrar a estratégia comuno-bundalelê sob o comando da União Europeia e ONU. 

Portanto, o fato do Presidente Donald Trump receber Lilian Tintore, a esposa do principal líder político da oposição venezuelana encarcerado pelo tiranete Nicolás Maduro, é um forte indicador de que o Homem da Casa Branca não arredará pé de suas promessas de campanha, ou seja, limpar o planeta da vagabundagem esquerdista, rompendo gargalo que impede a paz, o progresso e a liberdade, a começar pelos próprios Estados Unidos.

E à medida que o tempo corre, a grande mídia e seus jornalistas esquerdistas vão sendo desidratados pelos fatos. Aliás, a eleição de Donald Trump deixou nus os últimos jornalistas que ainda tinham alguma credibilidade. Especialmente aqui no Brasil. Essa gente toda não vale nem um monturo de caca. Por essa razão não receberão mais links aqui deste blog. Eu, Aluízio Amorim, que edito esse pequeno e modesto blog não enganarei os estimados leitores com deletérias "Fake News". Até porque os fatos reais são muito mais interessantes, não é mesmo?

Sponholz: Belo Monte...

quarta-feira, fevereiro 15, 2017

AFINAL, O PT É UM PARTIDO COMUNISTA?

É um erro definir o comunismo apenas pela ótica econômica e não pela ótica política. O comunismo de hoje não passa de um projeto totalitário de poder, viabilizado com alianças corruptas ao grande capital, travestido de "boas intenções" com a população mais pobre. Age na destruição da democracia por dentro e na manipulação do comportamento da sociedade. A participação do PT no Foro de São Paulo, os contatos com as FARCs colombianas, o financiamento ao MST, o "Petrolão" (corrupção institucionalizada), o "Mensalão" (congresso paralelo), a tentativa de controle da imprensa, o aparelhamento do STF, o apoio e financiamento de projetos nas ditaduras cubanas e venezuelanas são fatos documentados neste texto que não restam dúvidas de que o PT não é apenas um partido oportunista, mas sim, um partido comunista.
Este texto de abertura em destaque é um resumo de um artigo de Alan Ghani, que é economista, mestre e doutor em Finanças pela FEA-USP, com especialização na UTSA - University of Texas at San Antonio), e atua como professor de pós-gradução, MBAs e treinamentos in company.
Alan Ghani é o que se poderia qualificar de “um ponto fora da curva”, haja vista que scholars de sua geração e formação mormente descambam para análises de viés marxista, haja vista que cursos de gradução e pós-gradução em praticamente todas as universidades, com destaque para as norte-americanas, estão severamente controlados pelos esbirros de Marx, Lenin, Gramsci e congêneres.
No decorrer do texto de Ghani, que transcrevo na íntegra logo abaixo, não incluí os links que podem ser acessados lendo o artigo no original no Blog do Alan Ghani hospedado no site Infomoney. Disparado Ghani oferece o melhor material analítico desse site que tem viés politicamente correto, pois é parceiro do IG e do novaiorquino Bloomberg, que dispensam apresentação.
Seja como for, o fato é que os escritos de Alan Ghani contribuem para uma interpretação correta da política em nível nacional e global. O título deste post é o original do artigo em pauta que foi publicado em 13 de outubro de 2015. Portanto, recomendo a leitura. Leiam:
Lula com o sargento Top Top Garcia e no extremo oposto José Dirceu o 'homem-forte' do mensalão que se encontra na jaula em Curitiba, durante a reunião de fundação do Foro de São Paulo, em 1990, na capital paulista. Na época a grande mídia simplesmente ignorou o evento que marcou o início da comunização da América Latina. Aliás, praticamente a totalidade dos jornalistas da mídia mainstream escamoteia sempre a existência do Foro de São Paulo que continua operando a subversão comunista em todo o território latino-americano.
Certamente este tema causa muita polêmica tanto na direita quanto na esquerda. Muitos na esquerda dizem que o PT não é comunista, ou socialista, por ter se aliado ao grande capital e favorecido empreiteiras e banqueiros. Essa visão equivocada é compactuada, inclusive, por alguns formadores de opinião de direita, como fica evidente na fala do historiador Marco Antônio Villa (veja aqui). As divergências de opiniões sobre a posição ideológica do PT decorrem da falta de conhecimento do que é de fato o comunismo real. Para esclarecer essa questão, precisamos primeiramente entender o que é comunismo para depois concluirmos com mais clareza se o PT é ou não um partido comunista. 
Não tenho dúvidas de que todos aprenderam no colégio que socialismo é a coletivização dos meios de produção promovida por proletariados que assumiriam o controle do Estado através de uma revolução para acabar com a exploração capitalista e entregar posteriormente o poder e os meios de produção expropriados ao povo (etapa final chamada de comunismo). De acordo com essa visão, o grande capital deveria ser combatido ao promover à exploração do trabalho e às injustiças da sociedade. Vendiam o comunismo como um movimento bem intencionado, omitindo a realidade de miséria e de mais de 100 milhões de mortes. Diziam também também que o movimento comunista acabou com a queda do Muro de Berlim, atribuindo o seu fim ou aos EUA ou aos desvios cometidos pelos seus líderes que se distanciaram da cartilha marxista original.  Em suma, o aluno sai do colégio com a visão de que comunismo é bom, é contra o grande capital, nunca existiu de verdade - apenas tentativas mal sucedidas - e acabou após a queda do muro de Berlim, sem chances de retornar. Assim, muitos, baseados nos seus conhecimentos de colégio (ou de universidades militantes), argumentam cheio de razão que o PT não é comunista, seja porque é aliado do grande capital, seja por acreditar que este regime acabou sem riscos de voltar. 
O primeiro erro desse argumento advém de uma definição simplista – para não dizer mentirosa - do que é o comunismo real. O comunismo real não é um sistema econômico, mas um movimento político totalitário que tem como objetivo o controle absoluto da sociedade civil sob a justificativa “bem intencionada” da socialização dos meios de produção, a qual é impossível ocorrer na prática, conforme demonstrado pelo economista prêmio Nobel Ludwig von Mises (Olavo Carvalho, 2014 – veja excelente artigo sobre o tema aqui). De outro modo, o comunista de hoje não visa à destruição do modo de produção capitalista, mas busca exercer o controle (poder) absoluto sobre a sociedade civil, ao mesmo tempo em que é sustentado por ela através de fartos impostos e de uma burocracia infernal.   Para conseguir este objetivo, o comunista moderno precisa acabar com a democracia, a qual representa resistência a seus projetos totalitários, uma vez que, por definição, democracia passa pela independência de poderes (Aléxis Tocqueville). Mas para isso ocorrer, o comunista moderno não fala em revolução armada, mas prefere corromper as instituições democráticas por dentro, aparelhando o Estado com sua militância para agir de acordo com seus objetivos. Mais do que isso, o comunista moderno troca a Revolução de Karl Marx pela hegemonia cultural de Antônio Gramsci, ou seja, o controle da sociedade por meio dos valores esquerdistas passados nas escolas e na mídia devidamente aparelhadas. A lógica é simples: para que revolução armada, quando é possível adestrar ideologicamente a sociedade de acordo com seus objetivos?
O segundo erro é acreditar que o movimento comunista acabou com queda do muro de Berlim e jamais retornará. O fato de um regime ter acabado não significa que ele não possa voltar adaptado a uma nova realidade. É evidente que dificilmente voltará nos moldes do comunismo soviético, mas é perfeitamente possível a instauração de regimes totalitários travestidos de pseudos democracias. Um exemplo? Basta olhar a Venezuela, a qual tem eleições livres e periódicas e empresas privadas. Será que por conta disso a Venezuela está mais próxima de uma economia de mercado, livre e democrática ou do comunismo? Mutatis mutandis, o nazismo acabou, mas será que suas ideias e suas atrocidades nunca mais voltaram na humanidade? Quem tem dúvidas, veja os assassinatos e torturas em massa promovida pelo ISIS contra judeus e cristãos. É um erro grosseiro acreditar que a história não poderá se repetir, assumindo novas formas, novos nomes dentro de uma nova realidade.  Terceiro, em qualquer regime comunista houve uma aliança entre os comunistas recém chegados ao poder e a classe empresarial. Foi assim com Lênin e com Stalin. Como explicar, na Rússia, o surgimento da noite para o dia de uma classe de milionários após a queda do regime comunista? Na China atual, o modo de produção capitalista convive em perfeita "harmonia” com uma ditadura comunista. Por exemplo, você pode comprar um carro, mas não existe oposição de ideias, o Estado controla o número de filhos que você terá - caso contrário é aborto compulsório (veja aqui) - e seu acesso à Internet (veja aqui).  Em resumo, concessões à economia de mercado não inviabilizam um projeto totalitário de poder (comunismo). É um erro monumental definir o comunismo apenas pela ótica econômica e não pela ótica política.
Agora, voltamos ao PT para responder a pergunta inicial do texto. Se confrontarmos a definição de comunismo com os fatos atuais, não há dúvidas de que o PT é um partido comunista. Por exemplo, o "Mensalão" e o "Petrolão" são exemplos claros da destruição da democracia por dentro a serviço de um projeto totalitário de poder. O primeiro com a criação de um congresso paralelo, o segundo na criação de um sistema de arrecadação partidária capaz de fazer o PT ter dinheiro para ganhar eleições até 2038, de acordo com o Ministro do STF, Gilmar Mendes (veja aqui). E por falar em STF, este foi devidamente aparelhado, ao aprovar uma reforma política que favorece apenas o PT (veja aqui) e ao melar qualquer tentativa de impeachment da presidente Dilma, abrindo caminho para "venezualização" do Brasil como observou o jornalista Felipe Moura Brasil (veja aqui). Já o favorecimento do PT às empreiteiras exemplifica bem a aliança entre burocratas do poder e o grande capital, numa troca abjeta de propina por contratos lucrativos bilionários. Quem mais se favoreceu no lulopetismo: os "Marcelo Odebrechts" ou os pobres e a classe média que foram duramente atingidos pela forte crise econômica atual?  E como explicar a aproximação do PT com as FARCs colombianas, movimento revolucionário marxista que pratica terrorismo e tráfico de drogas? O contato do PT (Lula) com as FARCs é confirmada pelo próprio Hugo Chavez (veja aqui e aqui), pelo chefão da organização narcotraficante (veja aqui) e pela participação de petistas "ilustres" no Foro de São Paulo, o qual apoia abertamente o movimento revolucionário colombiano (veja aqui). Já no Brasil, o governo petista financia o MST, grupo que defende o socialismo e expropria terras e depreda laboratórios de pesquisa, inclusive, como o uso da violência (veja aqui).

No âmbito internacional, Lula e Dilma apoiam as ditaduras venezuelanas e cubanas (veja aqui e aqui). Mais do isso, o governo petista financia por meio do do BNDES projetos em países ditatoriais africanos, além de Cuba e Venezuela (veja lista de financiamentos aqui). Por que estes países são os escolhidos? E quanto as tentativas de controlar à imprensa. Alguma semelhança com a China comunista? Relembre os casos aqui e aqui. Se ainda resta dúvida sobre a ideologia e as intenções totalitárias petistas,veja aqui e aqui as próprias falas de Lula e José Dirceu, os quais confirmam a adoção de estratégias comuns para implementação do socialismo bolivariano (eufemismo para comunismo) no Brasil, colocando a soberania nacional abaixo das estratégias comunistas do Foro de São Paulo. Diante de todas as fontes primárias colocadas neste texto, não dá para dizer que o PT é apenas um partido oportunista - seria muita ingenuidade. Vamos defini-lo corretamente: o PT é um partido comunista! 

Sponholz: Da série cenas brasileiras...



terça-feira, fevereiro 14, 2017

CANTORA AMERICANA HOMENAGEIA TRUMP NA SOLENIDADE DO 'GRAMMY' E DEIXA OS JORNALISTAS DA GRANDE MÍDIA DESCONSOLADOS.

A cantora norte-americana Joy Villa, que a revista Veja reputa como “pouco conhecida’, foi agraciada com um troféu do Grammy. E resolveu fazer uma surpresa: chegou ao palco com um vestido branco longo, mas logo em seguida desatou um laço que fez cair o vestido branco, dando lugar a um bonito vestido comprido e colante onde se destaca o lema de Donald Trump: “Make America Great Again.
Foi o bastante para fazer bombar suas músicas. Os esquerdistas ficaram surpresos e furiosos mas nada puderam fazer.
Já os trastes da grande mídia foram à loucura. Inconformados com o episódio fizeram como sempre fazem. Trataram de desqualificar a artista, como fez por exemplo, o site da revista Veja que se transformou num lixo tanto no papel como na web. 
Transcrevo abaixo na íntegra a nota do site de Veja, só para você verem. Num futuro não muito distante se saberá quem mantém a grande mídia de pé. Isto é, quem fornece os caraminguás. Eles insistem em afirmar que os Estados Unidos estão divididos como o Brasil. Que coisa, heim? Quer dizer que aqui no Brasil 50% da população quer de volta um governo que destruiu o país? Só se for pesquisa da 'DataFalha'. Essa gente me causa engulhos. Tenho nojo, asco. Leiam: 
CLIMA AVESSO A TRUMP? DEIXA DE MENTIR 'VEJA'.
Em meio a um clima avesso ao novo presidente americano, Donald Trump, uma cantora pouco conhecida achou um jeito de alcançar a fama mundial no tapete vermelho do Grammy, na noite deste domingo. Ela se vestiu com um coladérrimo vestido feito das cores da bandeira dos Estados Unidos, sobre o qual se lia o slogan da campanha do republicano, “Make America great again”.
Pouco familiar do grande público, Joy Villa se define em seu site como “atriz, cantora e coach vegetariana’.
O ato de apoio dividiu opiniões nas redes sociais. Houve quem dissesse que não há nada mais sexy que uma negra conservadora, enquanto outros a acusaram de não bater bem da bola.
Em seu Instagram, Joy Villa não deixa claro que é a favor de Trump. Em novembro, no último post relacionado às eleições americanas, a cantora pede que as pessoas se unam em vez de se dividir — o clima nos EUA é parecido com o Brasil: o país está partido no meio pela disputa política.
À esquerda a cantora esquerdista e seu vestido bundalelê. Lembro que nos Estados Unidos os esquerdistas são chamados de "liberals", eufemismo para escamotear as designações "comunista" ou "esquerdista".

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

A QUEM INTERESSA O ESTADO DE ANARQUIA E VIOLÊNCIA NO BRASIL?

Face as últimos acontecimentos no Brasil a partir do motim de policiais militares que degenerou num estado de terror no Espírito Santo, continua no ar uma pergunta: a quem interessa o estado de beligerância que ameaça se estender por todo o país? Como de repente as mulheres e familiares de policiais militares se organizaram com piquetes nos portões dos quartéis de forma a impedir a ação dos policiais? Como a regra hierárquica militar é quebrada sem qualquer consequência para os amotinados e, mais ainda, para seus superiores hierárquicos?
Todo esse quadro de horror e de ameaças ao povo brasileiro e de assassinatos que já teriam vitimado mais de 100 pessoas no Espírito Santo tem tido uma pronta resposta das autoridades à altura, de forma a consolidar a segurança e a ordem pública? Por acaso foi decretado o toque de recolher nas áreas afetadas pelos motins?
Há uns dois dias foi veiculado pela imprensa notícia dando conta de que agentes carcerários (prisionais, segundo a novilíngua politicamente correta) teriam decidido paralisar suas atividades no dia 15 de março próximo. Afinal, é facultado a essa categoria o exercício do deletério instituto da greve?
Vem à tona ainda o fato de que o Comando das Forças Armadas foi unificado durante o governo de Fernando Henrique Cardoso acabando com os cargos de Ministros do Exército, Marinha e Aeronáutica. Com essa decisão notórios comunistas como Celso Amorim (comunista do Itamaraty), Jaques Wagner (PT), Aldo Rebelo (do PCdoB) já foram Ministros da Defesa. Recentemente, no governo Temer, outro comunista, o Raul Jungmann, que pertence ao PPS (Partido Popular Socialista) que reúne o restolho do velho “partidão”, o famigerado PCB de Prestes e seus sequazes.
Há muitos anos, ainda no tempo do governo de Fernando Henrique Cardoso, visitei uma unidade das Forças Armadas. Lembro perfeitamente que saí de lá apavorado tal a pobreza e o sucateamento daquela unidade militar. O choque foi tão grande que até hoje ainda me lembro perfeitamente da cena. O que intui naquela oportunidade foi a constatação de um fato: estava em andamento a desidratação das nossas Forças Armadas. De lá para cá não tive a oportunidade de visitar instalações militares e não tenho contato com nenhum militar da ativa das Três Armas. Todavia, ver o desenrolar dos fatos da atualidade, ou seja, a quebra da hierarquia dentro de um batalhão da Polícia Militar, que é instituição das Forças Armadas, causa uma grande preocupação, para não dizer um tremendo pavor!
Feitas essas indagações e a necessária digressão focada em nossas Forças Armadas, constata-se de forma clara e objetiva que a Nação brasileira já vive uma estado de caos e terror sem similar na história recente da república. E mais do que isso, se experimenta uma espécie de orfandade em termos de segurança pública, preâmbulo para anarquia pura e simples.
É a partir desta altura da análise é que vem a indagação fundamental: A quem interessa esse estado de desordem e barbárie? Pelo que se sabe ainda estão de pé o Exército, a Marinha e Aeronáutica. E aí vem outra indagação: Afinal, para que servem as Forças Armadas se não for para defender a Nação, ou seja, o conjunto de cidadãos brasileiros? Para que servem as Forças Armadas, seus homens e seus artefatos bélicos, seus tanques de guerra, blindados, armamentos, etc? Durante o nefasto desgoverno do PT as Forças Armadas foram utilizadas para matar mosquitos, fato que por si só é um  absurdo e motivo de chacotas.
A última vez que vi pessoal do Exército nas ruas, além da operação mata-mosquito, foi numa dessas atividades comemorativas. Outra vez vi um grupo de soldados capinando um terreno baldio que pertence ao Exército aqui em Florianópolis.
Sei, evidentemente, que as Forças Armadas não se destinam ao policiamento. Todavia quando a situação põe em perigo a segurança dos cidadãos e todos os demais dispositivos estatais destinados a tarefa da segurança pública falham não resta outra alternativa senão acionar o dispositivo militar. Ainda que esse dispositivo tenha sido acionado no caso do Estado do Espírito Santo, foi uma ação tardia e tímida.
Finalmente, uma indagação sem resposta até agora é a quem interessa este estado de anarquia? A quem interessa os motins em quartéis das PMs? E finalmente: quem organiza mulheres e familiares de militares para fazerem piquetes em frente a quartéis para impedir que a Polícia Militar cumpra as suas funções.
Como o Brasil foi governado por mais de 13 anos pelo PT e todas as instâncias nos âmbitos público e privado (também) foram aparelhadas politicamente por Lula e seus sequazes, isto requer uma investigação muito bem feita para ver até que ponto tudo o que está ocorrendo não tem viés político. Até porque, como é sabido, o PT e demais partidos comunistas existentes no Brasil fazem parte do Foro de São Paulo que não foi desarticulado. Essa organização comunista continua de pé, sem falar na Unasul aquela misteriosa estrovenga erguida no quintal o tiranete comunista Rafael Correa, no Equador e da qual o Brasil faz parte e contribui financeiramente. 

Sponholz: Misteriosa sabatina...


sábado, fevereiro 11, 2017

AFINAL, QUEM SÃO OS FASCISTAS?

Esteve vídeo, com tradução da Embaixada da Resistência merece ser compartilhado milhões de vezes, principalmente num momento em que se tem ouvido com insistência a palavra "fascismo". Trata-se de uma alocução sintética e certeira de Elbert Guilllory, político da Louisiana, Estados Unidos. É um afro-americano e ex-senador estadual pelo Partido Republicano.

Guillory resume de forma precisa o que de fato está acontecendo nos Estados Unidos e em todo o mundo ocidental, dando uma lição de teoria política a esse bando de fanáticos cevados nas madraças comunistas em que se transformaram as escolas e universidades. 

Essa bandalha é a infelicidade do mundo. Essa gente precisa ser combatida. Essa gente precisa ser denunciada e reprimida de forma eficaz e banida da face da Terra. 

Igualmente a grande mídia e seus jornalistas cupinchas do projeto de horror esquerdista não são esquecidos na alocução de Guillory. Aliás, é a manipulação da informação o combustível que movimenta todos esses bandos esquerdistas criminosos. 

Portanto, vale a pena ver este vídeo e compartilhár amplamente pelas redes sociais. 

Sponholz: O império da sacanagem!

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

PRESIDENTE DONALD TRUMP EMPOSSA JEFF SESSION COMO PROCURADOR GERAL DOS ESTADOS UNIDOS E FAZ A ESQUERDA ENLOUQUECER.

Depois de dar uma zapeada pelos sites dos jornalões e revistas nacionais constatei como estão inquietos, raivosos e histéricos os jornalistas da grande mídia. Imitam seus colegas da media mainstream de New York, London e adjacências. Mas enquanto esse bando de histéricos ladra a caravana do Presidente Donald Trump segue o seu caminho. Esses vagabundos continuam manejando as notícias com aquela cara de pau comum a todos os esquerdistas. Eles podem enganar alguns leitores e telespectadores incautos que continuam a ver a Fake News, The Globe, a Falha de S. Paulo e o site da Veja que parece mais uma página de humor com base em Fakes. Ah!, tem também o Estadão, que reúne um ajuntamento de retardados e histéricos. Se fosse apenas isso, vá lá, mas o problema é que eles mentem, distorcem e redigem as notícias não como elas são na realidade mas pela ótica que interessa ao esquerdismo.  

E isto tudo acontece porque nesta quinta-feira o Presidente Donald Trump empossou como Procurador Geral de Justiça dos Estados Unidos, o conhecido senador pelo Alabama, Jeff Session, que não costuma comer cru e não se pauta pelos ditames do pensamento politicamente correto, muito menos pelo que dizem dele os jornalistas vagabundos, asquerosos e mentirosos que dominam toda grande mídia. Quando as ignomínias se agigantam o estoque de impropérios não dá conta de qualificá-las.

Neste caso, o melhor então é reportar as verdade dos fatos. O novo Procurador Geral Jeff Session irá fazer toda essa canalhada da grande mídia e os meliantes do esquerdismo delirante a dançar miudinho. Assim, nos Estados Unidos sob o governo do Presidente Donald Trump, valerá muito chamar a polícia que passará simplesmente a adquirir o status de polícia, ora essa! 

Abro este post com o vídeo acima do ato de posse do Procurador Geral Jeff Session e, logo abaixo, o seu discurso de posse que, como se vê, está afinadíssimo com as promessas de campanha do Presidente Donald Trump. Os bandidos das ruas, , os esquerdistas histéricos, os imigrantes ilegais e os jornalistas da grande mídia já começam a dançar miudinho. Afinal, a lei e a ordem deverão prevalecer. Esta expectativa é na verdade um ponto fora da curva, haja vista que se trata de uma normalidade de um Estado de Direito. E isto é a prova da esculhambação que foi o desgoverno de Hussein Obama e os Democratas bundalelês. Mais um pouco os Estados Unidos fariam parte da América 'Latrina'. 

Segue o texto do discurso de posse do novo "Attorney General" Jeff Session. Curto e grosso. Mais abaixo, um vídeo especial em que o jornalista afro-americano, Kevin Martin, do site Infowars, exulta a escolha de Jeff Session. 
EM DEFESA DO POVO AMERICANO
Sr. Presidente obrigado por esta grande honra. É algo que eu nunca imaginei que aconteceria na minha vida.
Mas eu amo o DOJ (Departamento de Justiça). Eu me importo com suas tradições e sua herança. Eu estive 15 anos naquele grande Departamento e a honra de liderá-lo agora é algo que eu não tenho palavras para expressar de forma eficaz.
Há um monte de coisas que precisamos fazer.
Primeiro, precisamos valorizar e apoiar e incentivar as pessoas fabulosas que trabalham lá. Eu trabalhei com eles ao longo dos anos. Eu sei o quão bom eles são e seus talentos precisam ser direcionados ao benefício desta Nação em muitas maneiras diferentes.
Temos um problema de crime. Gostaria que a ascensão que estamos vendo no crime na América hoje fosse algum tipo de aberração, ou blip.
Meu melhor julgamento tendo sido envolvido na aplicação da lei penal por muitos anos é que esta é uma tendência permanente perigosa. Coloca a saúde e a segurança do povo americano em risco.
Destacamos os talentos e habilidades do DOJ da maneira mais eficaz possível para enfrentar este aumento no crime e para proteger as pessoas de nosso país.
Temos uma ameaça crescente - desde que eu era advogado dos EUA - do terrorismo, Sr. Presidente. Você falou firmemente sobre isso. Você levou esta Nação a dizer que nós vamos responder eficazmente à ameaça do terrorismo, e você pode contar com o seu DOJ para fazê-lo de forma eficaz.
E você disse algo que eu acredito, e eu acho que o povo americano acredita, que precisamos de um sistema legal de imigração, que sirva ao interesse do povo dos Estados Unidos.
Isso não é errado, isso não é imoral, isso não é indecente.
Admitimos um milhão de pessoas por ano, mais legalmente, e precisamos acabar com essa ilegalidade que ameaça a segurança pública e derruba os salários dos americanos que trabalham.
É uma honra além das palavras servir sob você e sua liderança. Você está montando um grande gabinete, que é apenas uma emoção para mim ter a oportunidade de participar, e eu estou ansioso para ter certeza de que cada onça de força que tenho e que o povo do DOJ vai ter foco em preservar e proteger a Constituição e a segurança deste país.
Defenderemos as leis deste país aprovadas pelo Congresso. Defenderemos as ordens legítimas do POTUS (Presidente of United States) com vigor e determinação.

Obrigado a todos por estarem aqui, vejo muitos bons amigos e que Deus abençoe todos os nossos esforços. Tradução livre com auxílio de tradutor online via site Infowars.
DETONANDO A MÍDIA MENTIROSA

Neste vídeo o jornalista afro-americano Kevin Martin, do site Infowars, exulta a nomeação de Jeff Session como Procurador Geral dos Estados Unidos. Ninguém melhor que Kevin Martin para dar seu testemunho, afinal, ele é um afro-americano. Por essas e outras que não dá para ler e ouvir mais a grande mídia. Ave, internet, sites e blogs independentes!