TRANSLATE/TRADUTOR

sábado, agosto 27, 2016

LULA COMANDA "ESTRATÉGIA DO INSULTO" NO SENADO. O FOCO É O 'FILMINHO' IDEALIZADO PELO MARKETEIRO JOÃO SANTANA. ALÔ, LAVA JATO!

A “estratégia do insulto” foi ordenada pelo ex-presidente Lula aos senadores aliados, no julgamento de Dilma, segundo revelou a esta coluna um senador do PT. A expressão “o Senado não tem moral para cassar ninguém” é do próprio Lula. Ele já não pretende reverter o impeachment, mas utilizar esses insultos no documentário “Golpe”, no qual o PT deposita sua esperança de “salvação” nas próximas eleições. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A ideia do documentário, de produção milionária, seria do marqueteiro João Santana. Será usado na eleição do Brasil e exibições no exterior.
A estratégia de Lula é resumida numa frase: “Se a gente não conseguir evitar o impeachment, ao menos vamos tentar desmoralizá-los”.
Petistas ainda relutam em usar dossiês com “podres” de senadores pró-impeachment temendo que os próprios podres sejam expostos.
No encontro de ontem no Alvorada, o indiciado Lula fez ver a Dilma que ela será condenada, e a aconselhou também a atacar o Senado. Do site Diário do Poder

Sponholz: Tempos de impeachment e cólera.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

sexta-feira, agosto 26, 2016

REPORTAGEM-BOMBA DE 'ISTOÉ' REVELA OUTRO APARTAMENTO DE LULA SOB INVESTIGAÇÃO.

A reportagem-bomba de IstoÉ, que chega às bancas neste sábado descobriu que Lula tem mais um apartamento em São Paulo além do triplex do Guarujá. A Operação Lava Jato abriu investigação e está no encalço da verdade sobre mais esses misteriosos apartamento. Leiam:
As investigações sobre o imóvel do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são tratadas reservadamente por procuradores da força-tarefa da Lava Jato e por promotores paulistas. Pela ordem da numeração da matrícula “7.334”, eles desconfiam que o ex-presidente tenha se associado no primeiro semestre de 1998, anos antes da ex-primeira-dama Marisa Letícia.
Agora, com base no relatório da busca e apreensão na sede da entidade, os investigadores pretendem ir atrás de novas provas sobre o misterioso apartamento. Querem saber a qual dos empreendimentos da cooperativa, ligada ao PT, a matrícula em nome do ex-presidente está atrelada. Esclarecer se Lula declarou a propriedade e se teria ou não pago as parcelas. Procurado, o Instituto Lula não comentou os questionamentos sobre a matrícula em nome do ex-presidente. Autoridades desconfiam que o petista pode ter sido privilegiado pela Bancoop.
Depoimentos e documentos em poder do Ministério Público atestam que Lula e aliados receberam um tratamento vip da cooperativa e da OAS. Em 2009, a Bancoop lesou sete mil famílias e transferiu empreendimentos para a empreiteira envolvida no Petrolão. Entre eles, o prédio do tríplex reformado pela OAS para atender às exigências da ex-primeira-dama Marisa Letícia.
Na sexta-feira 26, a Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-primeira-dama Marisa Letícia pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no caso do tríplex. Eles estão mais próximos de se tornarem réus na Justiça. E, em breve, devem enfrentar outro problema. 
Ao aprofundarem as investigações contra o casal, a força-tarefa da Operação Lava Jato e o Ministério Público de São Paulo se depararam com novas suspeitas. Arquivos apreendidos em um disco rígido na sede da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop), obtidos por ISTOÉ, trazem à tona novos segredos do clã Lula. Ao contrário do que se imaginava, eles possuem dois e não apenas um imóvel construído pela entidade. Até agora, promotores e procuradores sabiam apenas que a ex-primeira-dama Marisa Letícia era dona do apartamento no Guarujá. Surpreenderam-se com o relatório de clientes da Bancoop, de 13 de janeiro de 2015, que mostra a existência do outro imóvel. 
Desta vez, em nome do ex-presidente Lula. Ou seja, na prática o casal tem dois imóveis da Bancoop. Na relação, o petista aparece ligado ao número de matricula 7.334 e o endereço residencial indicado no cadastro é diferente do informado pela ex-primeira-dama. Trata-se da rua Pouso Alegre, na capital paulista. É lá que fica o instituto que leva o nome do ex-presidente. Clique AQUI para ler TUDO e ver documentos

GLEISI, RENAN E O STF: VAI FICAR ASSIM?

Na retomada do julgamento da presidente-ré, Dilma Rousseff, após a discussão entre os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Ronaldo Caiado (DEM-GO) que teve até empurra-empurra e causou a interrupção da sessão, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), pediu a palavra e criticou os senadores dilmistas: "Ontem, a senadora disse que o Senado não tem moral para julgar. Como uma senadora pode fazer uma declaração dessa, exatamente uma senadora que conseguiu há 30 dias que o presidente do Senado conseguisse no Supremo Tribunal Federal desfazer o seu indiciamento e o do seu marido".
Gleisi Hoffmann retrucou e chamou Renan de "canalha". A afirmação causou uma nova confusão generalizada, que gerou outra interrupção por parte do presidente da sessão e do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, até as 13h. 
Em junho, Paulo Bernardo, o marido de Gleisi e ex-ministro de Dilma e Lula, foi preso pela Polícia Federal na Lava Jato, acusado de montar um esquema de fraudes na liberação de créditos consignados que teria desviado cerca de R$ 100 milhões. Procurado, o STF confirma que não irá se manifestar em relação às declarações dos senadores e o "desindiciamento" do casal Gleisi e Paulo Bernardo. Do site Diário do Poder

Sponholz: Brasil, o país da piada pronta.

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

URGENTE! LULA É INDICIADO PELA LAVA JATO.

O site O Antagonista, em informação exclusiva, revela que Lula acaba de ser indiciado pela Operação Lava Jato. O Delegado da Polícia Federal, Márcio Anselmo, enquadra Lula nos crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica e lavagem de capitais.

Vejam a parte do facsímile do documento lavrado pelo Delegado Márcio Anselmo:
Clique sobre a imagem para vê-la ampliada

COMUNISTAS PROMOVEM TUMULTO NA SESSÃO DO IMPEACHMENT E TRANSFORMAM O SENADO EM HOSPÍCIO. ESTÁ NA HORA DE VARRER OS COMUNISTAS DO BRASIL.

Confusão e bate-boca na sessão do impeachment no Senado. Clique sobre a imagem para vê-la ampliada. É uma vergonha o que está acontecendo.  O Senado de joelhos ante um bando de comunistas vagabundos.
Simples assim. Os senadores pró-impeachment estão lidando com um bando de comunistas enlouquecidos. O mais engraçado de tudo é que esses políticos até agora encararam esses psicopatas como gente normal. E isso já faz mais mais de 13 anos desde que o chefete da turba, o Lula, subiu a rampa do Planalto.

Agora há pouco o bicho pegou. Até Renan Calheiros foi pra cima daquele bando de malucos da dita bancada da chupeta. Renan Calheiros nesta altura tem em parte parte razão ao afirmar que o Senado virou hospício e que a burrice é infinita, referindo-se à petralhada. 

O Senado como instituição na verdade não é um hospício. Essa condição é dada pelos comunistas que sempre agem e agiram assim e que transformam qualquer ambiente respeitável num lupanar.

Para o Brasil sair desse lamaçal do atraso e da esculhambação geral não tem apenas de impichar a Dilma. Tem de por em prisão de segurança máxima essa cambada de vagabundos e proibir a existência de qualquer partido de viés comunistas. Aos recalcitrantes, prisão perpétua.

Esses desgraçados são os responsáveis por essa esculhambação geral cujo principais e deletério efeito é a violência. Os brasileiros de bem depois que o PT chegou a poder não podem mais sair de casa. Estão cercados pela violência. 

Isso tem de acabar. Caso contrário as pessoas terão obrigatoriamente de pegar em armas. O que está ocorrendo neste momento do julgamento final do impeachment da dita "presidenta" é um aviso. As coisas foram longe demais. 

Chegará um momento em que as Forças Armadas terão que entrar em ação. Afinal, são elas as garantidoras da segurança do país e de seu povo.
Ninguém aguenta mais essa esculhambação geral e irrestrita. Tão certo com o dia sucede a noite esta realidade dramática haveria de se impor.
Estamos no limite. O impeachment com o afastamento do PT do poder não será suficiente. Chegamos ao fundo do poço e isso terá que mudar rapidamente. Precisa uma limpeza geral que tem de começar, repito, pelo desmonte do aparelho comunista instalado pelo PT e seus satélites. Eles são os responsáveis únicos e exclusivos por essa dramática situação em que se encontra o Brasil.

Este aparelhamento, é bom que se frise, alcança toda a grande mídia que mesmo frente a essa realidade dramática continua mentindo, distorcendo os fatos, promovendo o marxismo cultural, dilapidando os padrões morais e éticos necessários para a paz, a ordem e o progresso.

Esse jornalismo vagabundo tem de ser varrido. A grande mídia é a responsável primeira por essa onda de insanidade e violência que tomou contra o Brasil. É a responsável primeira pelo domínio do Estado brasileiro pela canalha comunista.

A grande mídia está deseducando o povo brasileiro por meio da guerrilha cultural pautada pelo deletério pensamento politicamente correto. Nas sociedade complexas a formação da opinião pública é feita por meio da mídia. 

Este é o ponto central. Sem o apoio da grande mídia os comunistas não chegariam ao poder em nenhum lugar do mundo.

O que discorri neste rápido post é uma realidade inelutável por que tudo o que afirmei é a mais cristalina verdade. 

quinta-feira, agosto 25, 2016

Sponholz: Totalmente pinel!


MEDALHA DO PACIFICADOR: JUIZ SERGIO MORO RECEBE A MAIS ALTA CONDECORAÇÃO DO EXÉRCITO BRASILEIRO NO 'DIA DO SOLDADO'.

O momento da condecoração do Juiz Sergio Moro nesta quinta-feira, 25, Dia do Soldado, em Brasília. Clique sobre a imagem para vê-la ampliada. Foto: Diário do Poder.
O juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato em primeira instância, recebeu na manhã desta quinta-feira (25) a Medalha do Pacificador em solenidade do Dia do Soldado, realizada no Quartel General do Exército, em Brasília.
A honraria, recebida por Moro, é dada pelo Exército às pessoas que a instituição entende que prestou serviços relevantes ao país. Além de Moro, outras 300 pessoas foram condecoradas.
Moro disse, na homenagem, que é uma honra receber o reconhecimento do Exército. Na solenidade, o juiz foi atração entre o público e também entre outros homenageados, que cercaram o juiz para tirar fotos e parabenizá-lo pela Lava Jato.
Essa medalha é a mesma que, em outubro de 2015, foram retiradas dos mensaleiros José Genoino (PT), Roberto Jefferson (PTB) e Valdemar Costa Neto (PR), após os políticos serem condenados no Mensalão. O ato foi do general Vilas Boas, o atual comandante. Do site Diário do Poder

SESSÃO FINAL DO IMPEACHMENT COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA. OS FATOS ABREM MAIS UMA OPORTUNIDADE PARA O BRASIL SE LIVRAR DA VAGABUNDAGEM COMUNISTA.

A presidente ré Dilma Rousseff já se dirige em tom de despedida a funcionários do Palácio Alvorada e assessores que ainda restam, incluindo seguranças, pessoal do serviço médico e criadagem. Ela não recebe visitas na maior parte do tempo, e acaba puxando conversa com esses servidores, aos quais tem admitido que sua situação está definida. Até Dilma tem certeza de que o Senado a julgará culpada. As informações são do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Apesar do dramático isolamento de Dilma, não se percebe lamento nos relatos dos funcionários que transitam no Alvorada.
Dilma tem ido a eventos para seguir o script do documentário sobre o “golpe”, ricamente produzido com dinheiro de origem ainda ignorada.
Funcionários do Alvorada não lamentam a sorte de Dilma, mas ainda resistem ao assédio para gravar depoimentos de elogios a ela.
O histórico julgamento de Dilma começa nesta quinta-feira, sob a presidência do ministro Ricardo Lewandowski, do STF. Do site Diário do Poder

quarta-feira, agosto 24, 2016

A VACA INDECENTE DE BRASÍLIA

Clique sobre a imagem para vê-la ampliada
A foto acima mostra um carro alegórico em uma das mega manifestações #anti-PT #ForaDilma ocorrida no Brasil. Retrata com precisão o que sempre aconteceu no Brasil e que foi turbinado de forma irrefreável no governo petista que haverá de evaporar até o final desta semana depois que Dilma for despachada para catar coquinhos numa praia cubana.
Em que pese toda essa barbaridade as pesquisas eleitorais que medem tendências para as eleições municipais de outubro deste ano apontam diversos comunistas e outros vagabundos e vagabundas oportunistas na liderança.
O número de psicopatas e loucos de todos os gêneros é uma coisa assombrosa. Se os números dessas pesquisas se confirmarem nas urnas chega-se a uma conclusão inescapável: o Brasil não é um país, mas um viveiro de débeis mentais.
Depois de tudo que veio e continua vindo à luz com a explosão do petrolão, o mega escândalo das roubalheiras levado a efeito por Lula, Dilma e seus sequazes, o povaréu ainda continua acreditando que a vaca de Brasília é inesgotável. Todos querem mamar. Afinal, a maioria que pontua alto nas pesquisas eleitorais perfila-se ao lado da maluca teoria comunista que garante o céu na Terra por conta dos cofres estatais, precisando apenas rodar as máquinas da Casa da Moeda.
O resultado está aí: inflação, retração econômica, desemprego, instabilidade e violência, os ingredientes de uma receita macabra que transformam qualquer Nação num submundo como Cuba e Venezuela, onde imperam a fome, a miséria e a morte.

TRUMP ACUSA HILLARY CLINTON DE PARTICIPAR DE ESQUEMA DE CORRUPÇÃO TÍPICO DE REPUBLIQUETAS DO TERCEIRO MUNDO

Donald Trump considerou um "vergonha absoluta" a Fundação Clinton, pertencente a Bill e Hillary Clinton ter operado esquema de corrupção vendendo acesso ao governo americano.
O candidato republicano, Donald Trump, acusou nesta terça-feira sua adversária democrata na corrida pela presidência dos EUA, Hillary Clinton, de ter participado de um “esquema de corrupção digno do Terceiro Mundo” através da Fundação Clinton. “É uma vergonha! Uma vergonha absoluta que nosso secretário de Estado possa ser comprado, subornado ou vendido!” — exclamou Trump em um comício em Austin, Texas.
A Fundação Clinton,criada pelo presidente Bill Clinton ao final de seu mandato (2001) e que já arrecadou cerca de 2 bilhões de dólares (mais de 6 bilhões de euros) desde sua criação, é apontada pelos republicanos como um veículo do tráfico de influência praticado pelo casal Clinton.
Os críticos afirmam que quando Hillary Clinton foi secretária de Estado, entre 2009 e 2013, doadores estrangeiros, governos, empresas e indivíduos contribuíram com a Fundação para obter favores do governo dos Estados Unidos. “Agora está suficientemente claro que os Clinton criaram uma empresa para obter benefícios de sua função pública, na qual vendiam o acesso” ao governo americano, declarou Trump. “Este tipo de coisa só acontece em países do terceiro mundo. Isto se chama corrupção, e é por isto que tenho pedido que um promotor especial investigue este assunto”.
Imigrantes — No mesmo discurso, Trump acenou com a possibilidade de suavizar sua posição rigorosa em relação à imigração ilegal, um gesto que poderia ajudá-lo a se aproximar de eleitores moderados, mas prejudicá-lo entre seus apoiadores mais ardorosos. O republicano foi indagado se estaria disposto a mudar a lei dos Estados Unidos para acomodar os imigrantes ilegais que vêm contribuindo para a sociedade, obedecem às leis e têm filhos americanos. “Certamente pode haver uma suavização, porque não estamos querendo prejudicar as pessoas”, respondeu Trump, insistindo que existem algumas “pessoas ótimas” entre a população imigrante. Do site da revista Veja