TRANSLATE/TRADUTOR

segunda-feira, novembro 25, 2013

O MÁXIMO DE CINISMO E O MÍNIMO DE VERGONHA


O autor de mais essa tramoia cínica noticiada pela Folha desta segunda-feira, está nesse vídeo que ficou famoso, lembram? É o top top Garcia, fazendo gestos obscenos próximo à janela de sua sala no Palácio do Planalto. É um dos "intelectuais" do governo da Dilma. Leiam: 
Após as prisões dos petistas condenados pelo mensalão, o PT tentará agora reforçar a tese de que o partido é vítima do atual sistema político-eleitoral.
A defesa foi apresentada na primeira versão do texto base do 5º Congresso Nacional do PT, que será aberto em dezembro, em Brasília.
Redigido por Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência da República, o documento afirma que o partido é "prisioneiro de um sistema eleitoral que favorece a corrupção".
Ele foi mostrado ao Diretório Nacional do partido na última segunda-feira, em reunião realizada em São Paulo. O texto ainda poderá ser modificado por emendas.
Sem citar o mensalão, o PT levanta a bandeira da ética como forma de fazer um contraponto ao escândalo que atingiu o partido e volta a defender uma ampla reforma política. Após os protestos de junho, Dilma Rousseff sugeriu ao Congresso a realização de um plebiscito sobre o assunto, mas foi derrotada.
De acordo com o PT, o financiamento público exclusivo de campanha é o principal passo a ser dado no rumo de uma reforma política.
O documento faz ainda uma dura crítica ao Poder Judiciário ao afirmar que o "sistema judicial é lento, elitista e pouco transparente" e diz ainda que ele tem sido "permeado por interesses privados".
Ao longo de 14 páginas, o texto faz ainda uma autocrítica sobre a "burocratização" do partido durante os 11 anos de governo e afirma que o PT não avançou para imprimir um novo ritmo à sua política.
No fim do documento, o partido indica o que poderá ser o mote de campanha para a reeleição de Dilma Rousseff ao comparar o atual momento político com o fim da ditadura. "Quando saímos da noite da ditadura, soubemos dizer Nunca Mais!'. Agora, depois de uma década de grandes transformações, afirmamos Nunca menos!'."
No texto, os petistas resgatam o discurso de que os problemas econômicos refletem a herança deixada por Fernando Henrique Cardoso, como recessão, juros abusivos, fortes pressões inflacionárias e vulnerabilidade externa. Da Folha de S. Paulo desta segunda-feira

MEU COMENTÁRIO: Baixou o santo comunista na redação da Folha de S. Paulo nesta segunda-feira.

Pelo jeito, a coisa não está nada boa para as pretensões de Lula e seus sequazes do Foro de São Paulo de se perpetuarem no poder.

Agora, querer atribuir a roubalheira e a tentativa de golpe comunista via mensalão a problemas com a legislação eleitoral é cinismo no seu estado mais puro.

O que é incrível é um jornal do tamanho da Folha dar destaque a esse press-release escrito pelo João Santana.

Não tem de mudar uma vírgula da legislação. Basta apenas tirar a ratazana comunista do governo e fim de papo.

10 comentários:

Mata Viva disse...

Olha bem na cara deste traste.Um vagabundo deste tinha é que amarrar no tronco e tome chicotada no lombo.Depois destes imundos cansar de fazer cagadas agora me vem um cachorro deste o famoso boca de fossa falar que a culpa é do FHC que governou o pais a 12 anos atras.Vai ti catar pilantra.

Anônimo disse...

cinismo nada...

eh psicopatia pura...

o pais esta nas mãos desse tipo de gente...

Augusto disse...

vale a pena ler as duas partes.

O TEXTO ABAIXO FOI PUBLICADO NO FORUM DOS LEITORES - Estadão.com.br

COMISSÃO NO DOI-CODI

É inaceitável a atitude autoritária e antidemocrática do Exército brasileiro de impedir a entrada dos integrantes da Comissão da Verdade no local onde funcionava o famigerado DOI-Codi, o centro de torturas durante a ditadura militar. Quem não deve não teme. O Exército precisa ter transparência e se adequar aos tempos de democracia, cidadania e liberdades cívicas. O Exército brasileiro deveria pedir desculpas pelas torturas, assassinatos e crimes cometidos durante os anos de chumbo nos porões da ditadura militar que assolou o Brasil por longos 21 anos e ser o primeiro interessado em abrir as suas portas e os seus arquivos, num Estado Democrático de Direito. E deveria tomar a iniciativa de fazê-lo justamente para que tais fatos não sejam esquecidos e jamais voltem a se rep etir no nosso país. Cabe agora ao ministro da Defesa, Celso Amorim, determinar tal autorização para que a Comissão da Verdade atue livremente e cumpra a sua nobre missão. Tortura nunca mais!
Renato Khair
renatokhair@uol.com.br
São Paulo

MINHA RESPOSTA AO POBRE SUBSERVIENTE

Meu caro, sou profissional liberal da área da saúde. Não sou porta voz de militar, mas... acredito que eles só irão dar permissão para que essa escória, a qual deram o nome de "comissão da verdade", visite as instalações militares, quando a quadrilha governante, composta de terrorista, torturadores, assaltantes de banco, sequestradores, assassinos de civis e arrombadores (as) de cofres visitarem as masmorras de Cuba e trouxerem um relatório sobre os noventa mil mortos no "paredon" e sobre os presos políticos que morreram e morrem em greve de fome sob o comando da múmia caribenha, ídolo desses hipócritas que defendem os Direitos Humanos e que para comprovar o mau caratismo acabam de contratar escravos a ser viço de uma ditadura, que em 50 anos destruiu um país. EM TEMPO: o nanico físico e moral, Celso Amorim, depois de desmoralizar o Itamaraty, levando o Brasil para a esfera do que há de mais podre na política internacional, não tem autoridade para falar de democracia nem de dar ordens para as FFAA.

Humberto de Luna Freire Filho, médico
RG 5.529.325 SSP SP
CIDADÃO brasileiro sem medo de CORRUPTOS.

Paulo disse...

COMISSÃO DA VERDADE OU COMISSÃO DA REVANCHE?
Ah, sim, mas a comissão das verdades do PT, do jeito que eles acham, embora ressalte que os comunistas não admitem verdade alguma, pra eles existe apenas o momento e a oportunidade.
Tenho lido em muitos lugares que o Exército tem chamado essa Comissão da Verdade de "Comissão do Revanche"...
Daí, nem quererem vê-la pela frente!

Anônimo disse...

Tânia SP
Muito bem Dr. Humberto, é assim mesmo que rebatemos esta corja, c/ fatos!. Eles vêm sempre c/ mentiras, o sr. como sempre perfeito!!!!!!.

Anônimo disse...

Quando esses PeTralhas saírem do governo, já poderiam entrar numa ilha prisão (já que gostam da ilha) construída somente para eles e bem longe da sociedade. Deixar que neste isolamento eles governem entre si, fico imaginando o caos ... seria a extinção da espécie! antes que acontecesse a extinção promovida entre eles, seria bom fazer um documentário e amplamente divulgado para que a América Latina nunca mais caísse nesse engodo.

Anônimo disse...

quem tem que pedir perdão ao Brasil é essa raça de comunistas que está no governo.
que foi torturado ( se é que alguém foi torturado ) é porque mereceu.
e morram comunistas dos infernos.

Paulo T. de Carvalho disse...

Brilhantes comentários de todos aqui. Brilhante comentário do Dr. Humberto em especial. Brasileiro tem que deixar de ser burro e parar de ficar dando moral e ouvidos para comunistas terroristas e bandidos.Chega. Comissão da verdade uma ova. Deus que me perdoe, mas que pena que os militares não acabaram com todos esses esquerdas quando tiveram chance. Hoje a gente estaria livre dessa corja.

Anônimo disse...

Este momento que atravessamos está mais para meados de 1963 e não para o final dos governos militares.

Anônimo disse...

Quanto está custando ao país essas Comissões da Meia-Verdade pois existem mais de 100 grupos discutindo os mesmos assuntos?Quanto está custando ao país os julgamentos dos mensaleiros e suas perícias médicas?Brasil Pais de Tolos?