TRANSLATE/TRADUTOR

quarta-feira, janeiro 11, 2017

AS ÚLTIMAS MENTIRAS DE ARTISTAS E JORNALISTAS ESQUERDISTAS ANTES DE DONALD TRUMP INICIAR A 'DRENAGEM DO PÂNTANO'

Fotos que dispensam legenda
Há muitos anos que eu deixei de ir ao cinema quando Hollywood, que sempre foi um território bundalelê por excelência, acabou sendo dominado e controlado pelos arautos do pensamento políticamente correto. Astros e atrizes podem até ser bom no métier, isto é, ter um excelente desempenho na interpretação. Todavia isto está longe de sinalizar que o ator ou atriz são inteligentes. Na maioria dos casos essa gente toda de Hollywood não passa no meu teste. 
É o caso da festejada Meryl Streep. Ao receber o prêmio Cecil B. DeMille durante a cerimônia de entrega do Globo de Ouro, resolveu atacar o Presidente eleito Donald Trump que toma posse no próximo dia 20. E não se fez de rogada. Abriu aquela bocarra para mentir, ou ainda, repetir uma mentira histriônica a respeito de Trump. O vídeo que segue editado pelo jornalista Felipe Moura Brasil liquida a fatura. Não deixe de ver:
Não há veículo da grande mídia que não tenha repetido ad nauseam a mentira proferida pela cretina de Hollywood. Sim, porque todas as iniquidades que vive o mundo neste século XXI são construídas pela narrativa dos psicopatas da grande mídia. Qualquer coisa que esses bococas das televisões afirmam a maioria dos telespectadores acredita.
Portanto, são os jornalistas, artistas e os ditos “cineastas” os responsáveis pela difusão de mentiras revestidas de verdades, como no caso em tela. Pela amplitude e dimensão que a coisa tomou não hesito em afirmar que essa gente toda da grande mídia é criminosa. Induzir alguém a errar é crime. Ainda mais quando seguidamente acontecem atos terroristas sem que nem um mísero jornalista ou artista emita uma palavra de censura. Esses andróides comunistas além de não censurar esses atos criminosos ainda defendem os vagabundos que os cometem. Aí surge uma indagação que não quer calar: essas pestes travestidas de jornalista e/ou artista estão fazendo tudo isso de graça? 
A coisa que mais almejo na vida não é nenhuma riqueza material mas ter o prazer de estar vivo para ver a comprovação do que se esconde sob esse pegajoso pântano de sacanagens e de mentiras fartamente remunerado com dinheiro, muito dinheiro sujo de sangue. Ou essa esquerdalha promove essa mentirada pela causa?
Não é à toa que o Presidente eleito dos Estados Unidos da América prometeu o “drain the swamp”, ou seja, drenar o pântano de onde sai os caraminguás para tocar essa imundice politicamente correta, a novilíngua da “guerra cultural" esquerdista. Drenando o pântano poucos sobrarão da grande mídia, de Hollywood, de ONGs variadas, da ONU, da OEA, da União Européia, de Wall Street e picaretagens assemelhadas. Esses lazarentos haverão de ser execrados onde aparecerem, se não terminarem seus dias na cadeia terão medo da própria sombra. 

Essa megera de Hollywood, Meryl Streep, resolveu, por certo, dar a contrapartida ao finado desgoverno de Hussein Obama atacando Donald Trump, ao reafirmar uma velha mentira construída pela grande mídia.
Toda a vagabundagem que campeia nas redações de todos os veículos de mídia repercutiu à farta a mentira novamente elevada à condição de notícia verdadeira. Uma historieta abjeta afirmando que Trump teria ironizado um jornalista que padece de doença congênita que imobiliza um dos braços.
O único jornalista da grande mídia que se manteve fiel à verdade foi mais uma vez o Felipe Moura Brasil, em seu blog no site da revista Veja. Aliás, o único que sobrou depois do voo do passaralho sobre a redação daquela que já foi um dia uma publicação razoável. 
Vale a pena clicar AQUI para ler a matéria completa de Felipe Moura Brasil sobre o caso. O vídeo acima é também de autoria do Felipe Moura Brasil, que nea postagem em seu blog fez barba, cabelo e bigode. 

Depois do dia 20 por certo o Presidente Donald Trump iniciará a drenagem do pântano o que poderá explicar muito sobre a vida de ditos ‘famosos’, astros e estrelas e, de forma especial, jornalistas da grande imprensa nacional e internacional.

12 comentários:

Anônimo disse...

na verdade, esse discurso ridiculo foi o que deu manchete para a premiação que, como o Oscar, ja saiu, e muito, do interesse das pessoas...

percebam que todas as manchetes foram sobre esse discurso caquetico e mediocre dessa senhora...

artistas perderam anos fazendo filmes para no final serem todos ofuscados por uma discurseira politica sem pé nem cabeça...

mas hoje é assim, voce nao tem talento, sua musica é uma merda, sua voz nao existe e o que voce faz para aparecer?

faz um videoclipe com todo mundo nu para colocar no YouTube porque voce sabe que o video sera barrado e o burburinho estará criado, tudo, claro, com a inestimavel ajuda dos coleguinhas de redação dos portais de (des)noticias, que viraram "promoters" de artistas desconhecidos e sem talento...

Jr Medeiros disse...

O maior problema não é o FATO da mídia ser totalmente composta por psicopatas.
Essa mídia psicopata só existe graças a audiência, que ainda é muito grande.
É exatamente essa audiência que fornece o grande poder que a mídia tem sobre as pessoas e nações.
Sem essa audiência a mídia facínora evapora-se.

Unknown disse...

É isso aí! Parabéns pelas verdades, pois é isso que interessa!

Adilson Nagamine disse...

Perdeu as eleições mas a máquina de "verdades" antitrump do SOROS continua. Adilson Nagamine. Estou no plus.google.con

samuel disse...

Sinto pena de Meryl Streep SEMPRE PENSEI QUE ELA FOSSE INTELIGENTE.... Decepção!!!!

Anônimo disse...

Caro Aluízio
X bom o video do excelente FeLIPE.Nem sei por que ainda não foi demitido pela Veja. O Obama ontem parecia o Lula dizendo que a democracia corre perigo. Os comunistas adoram falar de democracia e proteção e igualdade das minorias. Até hj não entenderam que a desigualdade existe desde que o mundo é mundo e que a igualdade entre seres com diferentes aptidões, não passa de utopia. O Obama não deixa legado, a não ser o Bobamacare e a ameaça de uma 3ª guerra mundial, já que o genio desestabilizou o mundo com a sua desastrada política internacional.
Esther

Anônimo disse...

Nasci branco, então sou racista.

Não votei no PT, PC do B, PSOL, então sou fascista.

Sou hétero, o que faz de mim um homofóbico.

Nunca fui sindicalizado, o que me torna um traidor da causa operária e aliado do patrão.

Eu penso e não engulo qualquer coisa que a mídia me empurra, portanto sou reacionário.

Atenho-me a meus valores morais e culturais, o que me faz ser xenófobo.

Eu gostaria de viver em segurança, e que os bandidos estivessem na cadeia, então sou um saudosista do DOI-CODI.

Cumpro as leis e gostaria que todos, inclusive o governo, também cumprisse, o que me torna um membro da Direita.

Sou adepto incondicional da meritocracia, o que me torna liberal.

Fui educado com severidade e disciplina, pelo que sou grato aos meus pais, avós e a verdadeira escola; o que me transforma num carrasco de crianças, impedindo seu pleno desabrochar.

Sou adepto do pensamento que todo cidadão é responsável pela defesa do País, então eu sou militarista.

Eu gosto de me esforçar e de sobrepujar metas, o que me faz ser um cidadão desprovido de solidariedade com os demais, que apenas cumprem minimamente as suas tarefas.

Vivi uma vida regrada, poupando e me esforçando. Hoje, os comunistas/socialistas/petralhas, dizem que sou burguês.

Então eu sou grato aos amigos que ainda tenho e, apesar de tudo, sigo em frente.

(Autor desconhecido)

ANÓNIMO disse...

GOSTARIA DE SABE QUANTO O ANTAGONISTA,GANHA PARA BABAR,O OVO DA ESQUERDA AMERICANA?

Alexandre, The Great disse...

hehehe... chupa essa manga, esquerdalha!

Anônimo disse...

Essa Meryl Streep é uma idiota útil bundalelê.

Lucília Simões disse...

Exato. Enquanto não boicotarem de verdade esses lixos, vou acreditar que quem os assiste gosta mesmo é de mentiras e difamação.

Justiniano disse...


Meryl Streep sendo coxada pela Michele Obama.

Deve ter sentido o ganso da Michele (ou seria Michael) atrás.